terça-feira, 8 de novembro de 2011

166903_169581353130826_136337399788555_335721_1885063453_n_large

Salva-me de um mundo vazio de sonhos. De pessoas recentidas, amarguradas. Salva-me da brutalidade e da covardia humana. Salva-me da língua, da dos outros e principalmente da minha. Me ajuda a descobrir a formula de viver. Ajuda-me com que eu saiba contribuir apenas de forma positiva. Ajuda-me para que nos meus erros eu encontre alento para o novo recomeço. Ensina-me a amar incondicionalmente todas as pessoas. Ensina-me a perdoar sempre todos que me magoam. Ensina-me a ouvir mais e falar menos. Ensina-me a ser forte.  Ensina-me a escrever, a criar, a expor. E descubra quem sou eu e qual é a minha arma.  
____________________________________________________

terça-feira, 1 de novembro de 2011

217373327bzhpnzdz_11214_fd93ea2845_large
Bem que se quis
depois de tudo ainda ser feliz
mas ja não há caminhos pra voltar
e o que que a vida fez da nossa vida?

Na verdade não tenho motivo aparente para começar esse texto. Também não quero me descrever. Não há descrição para esse momento, nem palavras que expressam minha angústia. Sinto meu coração ser esmagado, como contração que vem a cada cinco minutos. Sei que a opção é minha, sei que a escolha está em minhas mãos. Sei de todos os caminhos. Todos os cruzamentos. Onde começa e termina. Meus medos ainda “martelam”. Meus problemas são pequenos, eu sei. Me diz então, por que parece ser um furacão? Preciso de ajuda, eu sei. Não há uma razão. Preciso de um caminho. Não é você nem ninguém, sou eu, só eu. Se tenho minhas marcas, minhas razões, minhas inverdades ou até mesmo revolta? Sim, eu tenho. E eu sei que não é bom. O encontro com o meu eu; nunca precisei de outro alguém para me elevar a esse nível. Quantas vezes me encontrei. Em todas eu chorei, me questionei, me obriguei. Não sou perfeita, nem tente fazer de mim tal coisa. O meu problema é gostar da imperfeição. Sou irônica, faço graça com as coisas e pessoas, sou sarcástica. Reparou que em nenhum momento falei sobre alegria. Há quem diga que eu sou engraçada e faço as pessoas rirem. Entretanto, ouvi um grande comediante dizer: “Os grandes humoristas são pessoas infelizes que fazem piadas inspiradas nas suas próprias misérias”. Não me entenda mal, foi apenas uma colocação, essa não é a minha opinião. Só uma reflexão que pode ou poderia ser verdade. Digamos que é mais comum, nos dias de hoje, fazermos piadas com a miséria dos outros. Meus sonhos se perderam em algum lugar. Não estou vendo saída ou perspectiva. Sempre a mesma história. Muda o disco. Ou como é mais comum em campanhas publicitárias: “Troca o chip” . Então preciso de um novo amor? Preciso estudar? Preciso sair? Preciso de um novo emprego? Com o tempo passa? Nada nessa vida é pra sempre? Eu sou bonita, saudável e tenho uma vida pela frente? Tenho que ver os exemplos e perceber que há pessoas com muito mais problemas que eu? Não quero, nem vou chamar a atenção. Esse conflito só eu posso resolver. Me meti em “um mato sem cachorro”. “Não sei”; “aham, é difícil”; “complicado”; “tem nada não”; “pois é”; “quem sabe”...São algumas das expressões que vão sair da minha vida, da minha boca. Se “não sei”, aprendo! Aham, é difícil! Então facilita minha nega. Não tenho nada que “complicar” na minha vida. “Tem nada não”, tem sim e tem muita coisa, a vida está bem ai, não tenho que deixa-la passar. “Pois é” digo eu, e “ae” vai ficar nessa infelicidade enquanto a vida passa, enquanto as pessoas evoluem você continua a mesma? Eu tenho que amar a mim antes de qualquer outra coisa ou pessoa. Todos os dias vou me lembrar disso. Dificuldades no caminho está cheio. “O impossível é questão de opinião” - Se não me engano música do Charlie Brown. E agora, qual é a minha opinião? E quem sou eu antes e depois desse texto? A mesma pessoa? Será?

segunda-feira, 15 de agosto de 2011


Tumblr_ljrktohqcq1qd5nzio1_r1_500_largeQuem será ,você, que irá chegar para novamente fazer meu coração palpitar? E encontrar a forma perfeita do nosso encaixe. Que me fará por diversas vezes te odiar, mas, que mesmo assim eu voltarei correndo para os seus braços. Virará minha vida de pernas para o ar, me causara ciúme e cegueira. Me levará a loucura em segundos. Onde você está? Grite, pule, me puxa, me chama. Eu prometo que dessa vez eu fico!






Me sinto poderosa atrás da minha armadura. Eu olho, me esquivo. Não deixo que entre. E se entrar, que não permaneça. Sou feliz, infeliz. Indecisa. Será que quero, ou não quero? Devo me permitir? Não seria arriscar demais? Ainda estou me curando. Eu não faço por onde. O problema é eu ter adorado ser amarga. Viver feliz parecia me causar infelicidade. Ser racional é o veneno da vida. Meu poder está acabando. Minha armadura ficando invisível. Minha cegueira passou. Viver; está é a palavra! Sou eu, minha vida e meus desejos. Dessa vez sou eu pelo amor, não eu contra ele.

domingo, 7 de agosto de 2011

5143810616_deb0af3fd5_z_large
Coração não é tão simples quanto pensa, nele cabe o que não cabe na despensa. Cabe o meu amor! Cabe três vidas enteiras. Cabe uma penteadeira.
Cabe nós dois.


Será que te encontro? Na rua em que te deixei não passa mais ninguém. Não há som, nem letras. Será que te encontro? Ainda andando, me dou conta que o cheiro mudou. As mãos estão vazias. Seu olhar é de medo. Será que te encontro? Seu sorriso sumiu. Seu andar está depressa. Suas roupas não são mais as mesmas. Será que te encontro? Só você passa aqui. Só você vive aqui. Será que ainda vou te encontrar? Seus e-mails sumiram. Suas lágrimas secaram e você está cego. Será que te encontro? Passadas rápidas, olhar distante, abraço apertado, calor inesperado. Você e eu. Você sem eu. Você. Só você. Será que me encontro?

terça-feira, 19 de julho de 2011


Tumblr_l5e2q6ywxs1qaqwa7o1_500_large
Não tenho asas nem sei voar, mas o que o mundo não pode, eu posso lhe dar. Vou lhe mostrar o caminho de Deus...Dou minha vida para lhe resgatar, esse é o desejo de Deus...De hoje em diante o seu anjo sou eu.
Parabéns e mtos anos de vida minha eterna parceira, irmã e grande responsável por eu ser o que sou hoje, VAGABUNDO! Hahaha to zuando'
Te amo inutil <3
Everton Nogueira
Que coisa boa que é te zoar, hein? Haha Que nada, bom mesmo foi ouvir sua voz! Ô, minha rainha, parabéns (de novo, de novo e de novo)! Que Deus lhe proteja e lhe crie para o bem! Deixa de ser bandida, e de querer matar todo mundo, ok? Você é a pessoa mais mongol, retardada, e idiota do mundo! Mas é por isso que EU TE AMOOOOOOOOOOO! MI...NHA MELHOR AMIGA MAIS FODA DO MUNDO ♥♥♥ Só minha, antes que o Everton venha querer dizer alguma coisa!!! Aproveita muito o seu dia, porque como eu te disse, não é todo dia que se faz 30 anos, né? Parabéns por mais uma década hahaha Muita saúde e coragem, pra enfrentar essa vida de cão! Estaremos sempre juntas, mesmo que em pensamento, você sabe e entende. Felicidades.
Melissa Ainoan

Ô tia adalberta....tudo de muito bom é pouco perto do que vc merece, sei que um dia tudo isso que vc ta sentindo passa e vc terá resposta de tudo, não foi vc mesmo que falou que temos que aprender a escutar o coração e que as nossas respostas vem por ele, pois é, uma hora chega a sua vez....Vc é muito, mas muito especial pra mim, acho que não tem noção do tanto que me faz bem.....TE adoro=)
Rayane Costa

Oi amor te ligo mais vc não atende. Feliz niver! Tudo de bom na sua vida. Seja muito feliz! Te amoooooooo
Bárbara de Almeida


nem sei quanto tempo vai levar pra você le isso aqui, mas tbm nao importa, nao me perdo por ter esquecido do seu niver , MIL PERDAO, serio amiga perdao de coração ando tao corrido qe acabei esquecendo o dia mas nunca de você, sei que de certa forma sempre sera diferente ano apos ano e sei que sempre ira descobrir maneiras diferentes de conquista essa data mas saiba que o mais importante já foi conquistado e concretizado VOCÊ, o ser maravilhoso e UNICO aqui, alguem que veio ao mundo pra registrar e fazer a historia de modo diferenciado e escolhido do seu jeito, peço que Deus direcione as linhas desse texto chamado vida, que cada virgula e ponto, e novo paragrafo seja abençoado e transformado de acordo com os desejos do ceu, espero que amiga que nas conquistas da sua vida e de cada dia você tenha força&mais força pra conseguir ir em enfrete pois a caminhada e longa e estreita mais tenha fé que a vitoria e maior ainda, e tenha sempre a certeza que terá alguem pra caminhar contigo independe pra onde você queira ir, não deixe de fazer algo que deseje mas lembre nem tudo que desejamos e a perfeita vontade e a escolha certa , mas enfim né, saiba que mesmo quando tudo diz que não a voz do Senhor e a força e a segura que vai te fazer prosseguir, mesmo eu não podendo te abraçar agora sinta-se abraçada pois eu te amo demais mesmo nao sendo isso que demonstra agora, mas enfim isso tbm kk', se cuida amiga ;*
Naiane Nascimento
 
 
 
Não há nada mais bonito do que um amigo te ligar para dizer que te ama. Ou se arrepender de não lembrar de uma data importante e ter a dignidade e humildade de pedir perdão e se arrepender. Um amigo que te entenda por estar stressada por nada, e mesmo assim te ver fazer uma tempestade, e continuar ao teu lado te apoiando. Por que só eu tenho um amigo idiota suficiente pra dizer que é vagabundo e a culpa é minha. Só eu sou feliz o bastante por ter vocês. E lembrar que se não fosse vocês eu não seria metade do que sou. Obrigada por anos de aprendizados. Eu devo muito a vocês. Deus, Paz, saúde, sucesso, humildade e dignidade para todos nós. E minha companhia sempre ( não dispensem essa, haha!). Que sejamos sempre a fortaleza uns dos outros.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

5784577953_1871dc6fb0_o_large


E você me perguntava se eu estava bem. Todas a noites, todos os dias. E as minha respostas eram sempre as mesmas. Você nunca se cansou de passar a mão nos meus cabelos e sentir minha respiração. Eu nunca cansei de te tratar mal. Seu olhar brilhava, seu sorriso se estendia. Meu nariz empinava, meu olhar desviava. Tão carinhoso, tão amável. Eu sempre pronta a destilar meu fel. E as madrugadas em que eu ia me divertir; enquanto o seu programa era ir ao aniversário da sua tia. E ainda me esperava acordado, para perguntar como tinha sido. Balbuciava ao escutar todas as minhas histórias; e no final me dava um beijo e desejava boa noite. Lembro-me bem de quando esse jogo virou. Deixei cair todas as minhas cartas. Você aprendeu a jogar o meu jogo, e eu me perdi dentro do seu. Perdi tudo, até você. Hoje nem ao menos posso esperar você de madrugada para ouvir suas histórias. Você já encontrou alguém, que não só ouça, mas divida com você as suas. Sinto sua falta! Dos nossos segredos.


268765_238544672831331_231899236829208_914487_50893_n_largeFlor me diz, o que fazer
Se um beijo seu eu não posso ter
Se não fiz, por merecer
Quem sabe se eu te disser
Mas duro é o amor de partir
Se fica a olhar ele ir

segunda-feira, 4 de julho de 2011

do you believe in life without dreams?
Amar sozinho
Ai de quem ama
Vive dizendo
Adeus, adeus
Vinicius de Moraes
Eu não preciso de você. E muito menos pensar em você. Não quero dormir para não te-lo nos meus sonhos. Quem você pensa que é? O meu dono? Me deixa bem. Me deixa ficar bem. Eu não quero precisar de você. Não de novo. Estava tudo indo muito bem. Meu Deus, qual é o propósito de tudo isso? Eu estou cansada de estar bem e ficar mal. Eu só quero parar de sofrer por nada. Por ninguém. Olá, Eu estou aqui! E eu sei disso, mas você não. As minhas noites são pensando em você. Quantas vezes eu disse que chega? Quantas declarações em silêncio eu já fiz? Sabe qual é a verdade? A verdade é que eu gosto de sofrer por você. É isso mesmo, eu adoro fantasiar, que no final tudo vai dar certo. Não! Não vai dar nada certo. Está tudo muito errado. Eu não tenho mais 15 anos. Eu não sou mais a mesma. Nada volta. E não tá nada escrito, nem está no destino. Essa não é a vontade de ninguém. A não ser a minha. Só minha. E eu estou tentando não querer também. Mas toda vez que estou quase no fim, você aparece. Você deveria ter vergonha disso. Se soubesse. Sai da minha cabeça, da mesma forma que saiu da minha vida. Eu não quero mais. Vai embora, não aparece. Não vou mais recitar poemas, versos ou letras de músicas, ou o que há de mais ridículo no fato de que eu (ainda) esteja apaixonada por você. Você é só mais uma história da minha cabeça. E se eu não finalizar eu vou “entrar em parafuso”. Chega! E dessa vez eu não vou fingir que é o fim. O fim não existe por que não houve começo. Acabou a despedida sem encontro. Eu procuro por você e te expulso, por milhares de vezes no dia. Não vou te pedir desculpa por ser louca. Isso nunca prejudicou você. Fui cautelosa. Dessa vez não te agradeço nada, não há o que agradecer. Tomamos rumos diferente. Ótimo. Está na hora de assumir. Você não esta no meu quarto comigo, eu estou sozinha. Você não vai me ligar. Não vai me mandar uma mensagem, e-mail ou mesmo uma carta. Então não adianta eu fingir ou esperar. Dessa vez não vou te dizer que cresci e amadureci. Continuo verde, e se cresci foi para os lados. Não vou dizer que te amo, pois não sei se é verdade ou capricho. Me parece que apenas gosto de repetir essas palavras, mas senti-las não! Não por você. Não dessa vez. Enfim, ou escrevia, ou morreria de angustia. Agora estou aqui  me odiando por ainda estar pensando em você.

terça-feira, 28 de junho de 2011

Tumblr_li5qoeqzft1qfly3po1_500_large

" Você tampa a panela, dobra o avental, deixa a lágrima secar no arame do varal. Fecha a agenda, adia o problema, atrasa a encomenda, guarda insucessos no fundo da gaveta. A idéia é tirar a tarja preta e pôr o dedo onde se tem medo. Você vai perceber que a gente é que faz o monstro crescer. Em seguida superar o obstáculo, pois pode-se estar perdendo um espetáculo acontecendo do outro lado. Atravessar o escuro até conseguir tatear o muro, que é o limite da claridade. Se tiver capacidade para conquistá-la, tente retê-la o mais que puder. Há que ter habilidade, sem esquecer que a luz é mulher. Do inferno assim desmascarado, é hora de voltar. Não importa se é caminho complicado, se a curva é reta, ou se a reta entorta. Você buscou seu brilho, voltou completa; jogou a tranca fora, abriu a porta. "

Flora Figueiredo

terça-feira, 21 de junho de 2011

4194_nostalgia-1024x594_large
Se eu chorar conforta-me
Tem piedade de mim, Senhor

Hoje passou-me um misto de pensamentos. Algumas palavras que muitos amigos me falaram durante esses seis meses. Parece tudo a tão longo prazo. Meu amanhã, parece ser tão distante. O que eu faço? Alguma resposta, antes que eu fique infeliz? Estou tentando me controlar. E veja você, eu sou péssima nisso. A tempos atrás eu era mestre. Agora, o que eu consigo fazer é me perguntar sobre tudo, sobre todos. Não estou realizada. Não era a minha meta estar onde eu estou. Eu deveria estar prestes a me formar. Ok. Esses foram os MEUS planos eu assumo. Eu só queria tentar suprir o vazio que esta em mim. O que eu gosto de fazer? Escrever. Mesmo que não sejam os melhores textos do mundo. Não querendo ser grossa (entretanto, creio que isso seja um dom), eu não ligo para o que você acha. Ou pelo menos não ligava. A minha vontade agora é de largar tudo. Ir para longe e começar tudo de novo. Você nunca teve essa vontade? A sensação de querer ser outra pessoa. Não sei. Ainda há uma confusão dentro de mim. Crise existencial? A vontade que eu tenho de rir, na verdade gargalhar é vergonhosa. Nunca acreditei nisto, hoje me vejo presa a esse termo de livros de auto-ajuda. Então, por onde vamos começar...Pelo inicio? Já me sinto no fim e sem solução. Alguém pode me dizer qual foi a rua que eu deixei meu sonho morrer? Algum bruto o matou. Qual o paramédico que irá salva-lo? Não parece que sou eu a “salvadora” da minha vida, a tal “redentora”. O que eu posso lhe garantir por agora, é que mesmo que com um sorriso falso, a felicidade não passa nem perto de mim.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Tumblr_lmycfosxsv1ql2wndo1_500_large




Perscrutai-me, Senhor, para conhecer meu coração;provai-me e conhecei meus pensamentos. Vede se ando na senda do mal, e conduzi-me pelo caminho da eternidade. (Salmo 138;23 e 24) 





 
Minha amiga, não temas aos desafios que lhe são dados. Ninguém melhor que você para conhecer os seus limites. Aprenda a ouvir seu coração. É por ele que Deus lhe dá as respostas de suas perguntas. Sei que não é fácil encarar o novo, os desafios. Tire boas lições disso. E dessa vez não é o fato de conhecer “pessoas ilustres” e sim do auto-conhecimento. Chegou a hora de você rever as suas prioridades. Tudo é possível e cabível, não se engane! Você faz o seu destino. Lembre-se de tudo que a fez chegar até aqui. Foi difícil sair da casa da sua mãe, não foi? Você cresceu, e trouxe muitas responsabilidades. Ouça o que as pessoas falam, porém, filtre – interprete de acordo com a sua história. Não sinta dó ou pena de si. Não temas o mal que as outras lhe oferecem. Você sabe que há um Pai maravilhoso que zela por ti. Durante esse tempo, modere seus atos e palavras – Não se esqueça que o sábio ouve mais do que fala – isso pode ser a chave do seu sucesso. Fale na medida certa e apenas sobre o que tem certeza ou no mínimo confiança. Mantenha sua educação. E todas as noites antes de dormir, faça um exame de consciência e peça perdão a Deus; Acima de tudo agradeça o que, Ele, tem feito por você. Mesmo que, esta, não seja a tua vontade. Não preciso lhe dizer “boa sorte” porque eu confio em você e no seu trabalho. Seja apenas quem é. E não se esqueça disto.

segunda-feira, 13 de junho de 2011


Eu não sou mais eu, Cristo vive em mim...(Paulinho Sá)

Decidir a vocação que se tem na vida não é fácil. Olhar para o lado e não saber a direção. Olhar para frente e ver uma multidão sem destino. Em anos busquei por algo que encontrei em três dias. Mas precisamente nos dias 29, 30 e 31 de maio de 2009. Uma força que me elevou. Encontrei a força que eu precisava, que eu preciso. Encontrei naqueles dias um amor que não se questiona. Formei uma nova família. Me senti em casa, e ainda me sinto. Encontrei o meu Pai, a minha fortaleza. Encontrei irmãos, muitos. Descobri no meu mais profundo que era aquilo que eu procurava para viver. Era isso que eu estava esperando. Viver um novo ardor, uma nova força, um batismo. Não foi fácil para eu estar ali. Meu Deus, quanto tempo eu perdi te amando pouco, ou nada. Perdoa-me Pai. E mesmo assim, Tu, nunca me abandonaste. Enquanto muitas vezes minha casa dava-me as costas, o Senhor me acolhia em seus braços. Quantas noites eu chorei no teu colo. Quantas conversas tive contigo durante a madrugada. Quantos encontros tivemos. Meus Deus, naquele ano eu percebi que tinha sede de Ti. E comecei a beber da Tua água. Então não mais parei, quanto mais bebo mais sede eu tenho. Busquei por Ti. Então depois de um ano, eis que vem de novo os três dias, aqueles, que me regataram, quando eu já não sabia para onde ir. Quando eu achava que estava sozinha. Então eu já visualizava que antes dos três haviam mais cinco dias. E já começava a entender o que eles significavam. Vivi mais uma vez essa linda festa. Fui salva, liberta e curada. E ouvi muitas das minhas perguntas sendo respondidas. Vi muito do meu caráter mudar. A minha vontade já não era mais minha. Eu RENASCI, em 2010. Verdadeiramente, eu sou uma RENASCIDA. E quanto orgulho eu sinto disso. Eu vi Maria interceder por mim. Eu vi ela interceder pela vida dos meus pais. Eu vi Deus resgatar o meu pai da morte. Eu senti o teu poder, Senhor. Então dei-me conta que já era hora de eu mostrar a outras pessoas o quão precioso é te encontrar. Mais uma vez vi que não seria conforme a minha vontade, mas sim como a tua. Não era a minha hora de trabalhar no evento realizado para Ti. Em oração perguntei por tantas vezes o “porque” de não ter dado certo. A sua resposta não me faltou. Ouvi que não era a hora, mesmo quando ainda fazia planos. Mas fui teimosa. Duvidei. E Tu mais uma vez me mostrou que tudo é no seu tempo. Quantos segredos tenho contigo Senhor. Me mandaste dois servos teu. Dois exemplos. Talvez para que eu me inspire? Essa eu ainda não tenho. Contudo, muito, mas muito, obrigada por eles. Peço a intercessão da Virgem Maria, da minha mãezinha, para que eu continue nesse caminho que esta trilhando para mim. Esse ano foi a hora eu deixar de ser a convidada e começar a convidar. Receber poucos dos teus novos renascidos. E cuida-los como os teus servos fizeram comigo. E, claro, encontrar os amigos que eu fiz durante esses outros anos. A tua vontade mais uma vez se fez presente. Obrigada. Meus sinceros agradecimentos à Deus, que me guia me alimenta, me da força e me faz ser conforme a vontade dele. Obrigada a minha mãe, melhor amiga e intercessora, Maria. Obrigada a minha mãe terrestre que nunca desistiu de mim. Obrigada aos meus anjos, que aqui vou deixa-los oculto. Obrigada por quem atendeu, não ao meu convite, mas ao de Deus, que como seu instrumento me usou para convida-los. Obrigada Comunidade RENASCIDOS EM PENTECOSTES e Paroquia São Pedro. E um obrigada especial, ao Padre Moacir Anastácio, por pregar o Deus vivo e ressuscitado, que nos ama e nos cuida incondicionalmente. E vivamos ainda o ardor desse Pentecostes. Que Deus nos conceda sempre os dons do Espirito Santo. Amém!



quarta-feira, 8 de junho de 2011

Tumblr_lmhw4n0hvu1qiji6wo1_500_large
Só um tolo vai dizer que você é lenda.
Como não te perceber.
E saber que tudo aqui tem um toque Seu
(Paulinho sá)
Há pessoas que precisam passar pela nossa vida. Sem elas seriamos os mesmo de sempre, logo, o mundo seria sem graça. Se você parar e perceber as palavras que lhe são ditas durante o dia, você cresceria em uma semana o que cresce em um ano. Lembro-me de algumas boas palavras que fizeram mudar o destino da minha vida. E quando digo que foram 'boas', não quero dizer que foram agradáveis. Eu levei um tempo para entender isso. Nem sempre as pessoas são o que você realmente acha que é. Aquela que é grosseira, grita; na verdade é a mais triste e carente. E você o que faz? Grita também! Afinal ela gritou com você. Confesso que já fiz isso. Mas durante essa semana percebi que não é no grito que se vence. Apesar de no ensino médio eu ter gritado basicamente os três anos. Peço desculpa aos meus colegas. Aprendi uma nova arma de guerra. O silêncio e o sorriso. No inicio pode parecer deboche. Mas funciona da seguinte forma: Enfrente quem te maltrata no olhar, arme seu coração de boas coisas. Depois sorria para você e tente calmamente e em tom baixo, manter um dialogo afável. Mas como eu não tenho vocação para ler livros de auto-ajuda, tento escutar o que as pessoas que eu gosto falam. Mal sabem que eu assimilo muito do que escuto. Nos último anos, mas precisamente nos últimos três. Apareceram grandes anjos para me ajudar, me orientar, me mostrar o caminho. Sei que clamei incessantemente a Deus por eles. E posso lhe dá a certeza que ele me ouviu. Mandou todos disfarçados. Só percebia quando estavam se despedindo. O sinal: é um sorriso e uma piscadela. Como naqueles filmes de ficção. Parece loucura. E quem disse que é sano crer no impossível? Eu creio. Me chame de louca quem achar que deve. Nunca me auto-denominei “normal”. Estou em uma semana de meditação. O que eu falar ou escrever parecera uma gasta utopia. Alguns se perguntarão se eu surtei de vez. Todavia, há quem diga que eu nasci surtada. Olhando por um lado, a razão não lhes faltam. Entretanto, eu quero agradecer , por tudo, por todas as palavras. Obrigada, por me fazer melhor a cada dia. Agora tentem e veja se funciona, também, com vocês.

segunda-feira, 6 de junho de 2011


Tumblr_lkg1nelpur1qfe3kao1_r1_400_large
Parte II
Depois de muito tempo sem vê-lo, sem saber notícias, ela o reencontra. Ela está dirigindo de volta para casa. O carro para. Sinal vermelho. Ela olha para o lado e lá está ele, o seu amor. As mãos gelam, coração dispara, aquela sensação na barriga de sobe e desce. Ele olha nos olhos daquela menina como se lamentasse algo. Os carros buzinam. Então ela se dá conta da situação, ele está ao seu lado. É a sua chance. Será? Então ele acelera o carro e vai. Ela tenta se recompor de tudo. De todo o misto de sentimentos e de todas as buzinas que soam atrás dela. Ao chegar em casa-abatida, derrotada e sem forças-ela tenta manter o resto de dignidade que ainda lhe resta e repete, à cada segundo, “eu não vou ligar para ele”. Em uma tentativa falida de não sofrer, ela busca todos os defeitos dele. Depois de recitar para todos os vizinhos, percebe que ama todos aqueles defeitos. E como um surto, ela volta a repetir, de novo, o seu mantra: “eu não vou ligar”. E dessa vez olhando para o celular. E muitas vezes insultando-o. Como se o aparelho tivesse alguma culpa. Em meio a seu desespero ela adormece. Agarrada ao celular. No dia seguinte ao olhar para o seu telefone ela nota que chegou a seguinte mensagem: “ Eu não quero te fazer sofrer!” Então ela ergue a cabeça; levanta, lava o rosto e vê sua face refletida no espelho. E apesar do desanimo ainda lhe resta a coragem de pegar o telefone e, com tristeza, responder: “Tarde de mais!”. Minutos depois ele chega a casa dela. E ao sentir que é ele do outro lado da porta, todo o corpo dela estremesse. Uma voz diz:


Ele: -Abre a porta e fala comigo!
(sem abrir a porta ela responde)
Ela: -Eu lamento!
(Choro e ruídos )
Ele:-Lamenta, o quê?
Ela: -Ter sido tão egoísta, me perdoa.
(confuso com a conversa ele senta de costa para a porta e questiona)
Ele: -Eu só não entendo, uma coisa: Por que você foge de mim?
(com muito medo ela confessa)
Ela: -Eu não queria fugir de você, só estava fugindo de mim, desse sentimento, como uma proteção.
Ele: -Você estava tentando não me amar. É isso?
( em um misto de pranto e desespero ela tenta não responder)
Ela: -Você tem razão, mas não foi por mal eu juro.
Ele: -Qual é a próxima coisa estúpida que você vai tentar fazer?
(E ela com toda sinceridade responde)
Ela: -Nenhuma. Dessa vez eu não vou ser egoísta com você.
Ele: - Então é isso? Você vai desistir de novo? Por medo? Eu não acredito! (Enfurecido ele questiona) Você vai jogar o meu amor fora de novo? Eu estou tentando que você entenda que eu ainda amo você.
(Tentando ter um pouco de razão ela abre a porta e grita)
Ela: - Eu só estou tentando que você seja feliz.
(ele se levanta a segura pelos braços e fala)
Ele: Além de egoísta é surda. 'Ei'! acorda eu estou dizendo que te amo e você continua querendo estar com a razão. Dá para uma vez na sua vida baixar a guarda e ouvir o seu coração. Eu quero você pra mim, na minha vida, na minha cama. Dividindo minhas alegrias e frustrações. Meus fracassos e minhas vitórias. -Nesse momento ela ainda não havia parado de falar; impaciente ele dá uma sacudida nela e diz-. Cala a boca, por favor, e escuta, por que eu só vou perguntar uma vez! Quer casar comigo?

Tumblr_lm9a8cmglp1qf7ku2o1_500_large

sábado, 4 de junho de 2011

Parte I
Um certo dia ela olhou para traz e não o viu. E por alguns instantes passaram várias cenas por sua cabeça. Então, ela lamentou não ter mais sua companhia. Seu desespero foi nítido. Procurou em todas as partes do mundo para ver se o reencontrava. Peguntou à todos que encontrava. Contou milhares de vezes a sua história de amor. Chorou rios de lágrimas. Ela se deu conta que teve oportunidades e não as soube usar. O desespero dela foi tão grande que todos achavam que ela estava enlouquecendo. Era obvio que havia amor, houve amor. Uma força que não se mede. Mas, porque ele fora sem dizer nada? Ela foi tão entregue. Ela se deu, se doou à ele. O que houve? Ao pensar nisso o coração dela apertou como se estivesse sendo esmagado. Mais uma vez as lágrimas molharam seu rosto. Todavia, impulsiva como era, não se deu ao luxo de desistir. Afinal a desistência para ela era sinal de fracasso, derrota. Essas palavras não combinavam com sua personalidade. Foi ao longo dessa caminhada que ela se descobriu. Reavaliou todo o tempo que passou com seu amor. Relembrou cada detalhe dessa história louca. Cada briga, grito, agressão. Logo-assustada, pasma,indignada-percebeu que ele não tinha ido embora. Ela simplesmente, com toda sua agitação, impaciência e ignorância havia expulsado o seu amor. Lembrou que ele sempre a amou. Trancada no seu egoísmo ela nunca tiverá percebido. Mas agora ela o perdeu. Sim! Dessa vez ele não ia voltar. Não importava o quanto ela andasse. Ou com quantas pessoas ela falasse. Tudo havia acabado!

quarta-feira, 1 de junho de 2011

-Em frente!
Dizia certo rapaz. Siga em frente e não terá erro. Sim meu 'bom', e quem garante que não? Desde que eu nasci todos os caminhos levam à erros. E a maioria deles, garanto-lhe, foi quase um acerto.

-Viva o hoje!”,
-Não obrigada, o hoje não me proporciona segurança no amanhã.

Estabilidade econômica, casa, carro, dinheiro, viagens, entre outros...Isso significa a tão temida “segurança do amanhã”. E você diria que isto está errado? Com sinceridade, diria? Não! Eu sei que não. Nesse mundo que caminha para o nada, essa estabilidade é a mais 'correta'.

-Você está feliz?
-Acho que estou!
-Você acha?

Quando iremos ter certeza? Me diz. Afinal, quando você se sente mais feliz? Quando ganha algo de alto valor, ou um gesto valioso?

-Quer sair comigo?
-Depende.
-Dê que? Eu tô pagando.

Então você definitivamente se resume em dinheiro. Que tal? Quanto você custa? Pagar, ganhar, vender, comprar. Dinheiro. Ou apenas isso. Então quanto vale você? Hoje a pergunta não é apenas: “Você me ama?”, hoje seria mais ou menos assim: “Quanto você me ama?”

-Eu te amo
-Sim, o que você deseja?
-Eu disse que eu te amo.
-Sim! Eu escutei.

Desculpem o meu sonho de mundo perfeito, mas eu não me adapto a essa hipocrisia. Sim, eu sou idealista e sonho demais. Isso para não acabar vazia e sem valores. Obrigada pelo banquete, cujo cardápio: pratos ásperos na entrada, vem de prato principal a má educação, de sobre mesa a ignorância, para saciar a sede um saboroso liquido de descaramento com muita insensatez. E para completar, os anfitriões, com seus risos falsos e caráter duvidoso. Sinto-me derrotada pelo convite e alegro-me a ter que declinar do mesmo. Desde já, minha sincera pena e meus reais desejos de dignidade à vocês.

-Talvez agora pudéssemos ler um livro ao ver o sol se pôr.
-Ótima idéia! E quanto isso custa?
-O seu tempo. Agora fecha a boca e vem.
(risos ao fundo)

segunda-feira, 23 de maio de 2011


Minha querida Belly

Eu te amo tanto minha flor. Meu querer. Meu amor.
Com você eu aprendi a deixar o egoísmo de lado. Descobri um amor incondicional. Que vai além de tudo e todos. Foi amor a primeira vista. E como eu te amei, e como eu te amo. Como dói saber que não posso mais te ver todos os dias. Escutar a tua voz me chamando. Ver os teus outros primeiros passos. Escutar tuas novas palavras. Mas como tenho orgulho de você; de quem você é, e da linda mulher que se tornará. Que eu possa mesmo de longe estar te abençoando. Sei que te perdi para uma família estupenda, magnifica, de um coração que não tem tamanho. Você foi gerada em mim, no meu coração. E como pode uma pessoa tão parecida: do tamanho de um grão e com tanta personalidade. Você é incrível. E eu te amo com todas as forças do meu coração. Juro por tudo que é de mais sagrado. Eu não poderia lhe dar nem um teço do que você terá. A única coisa que eu tenho para lhe oferecer é o meu amor, o meu cuidado e o meu carinho. Eu amo você. E sinto muito a sua falta. Quando você volta e me abraça, não há nada que traduza esse momento. Lembrar de você a cada passo naquele lugar é fatídico. Eu respirei você. Você era a minha força. Mas também foi a minha criptonita. O importante hoje, é que eu sempre vou nutrir por você um amor que eu nunca imaginei sentir. Um amor que vai além de tudo. Você foi, é, e sempre será a minha filha. Eu amo você com toda a minha saúde e força.

terça-feira, 10 de maio de 2011

Tumblr_lkbs5r0eap1qf7szxo1_500_large
 


Eu já ouvi tantas histórias, tantas parecidas com a minha. As vezes me esqueço o que já vivi. Como se tudo tivesse sido sempre como é agora. Não foi. Quando me perco na nostalgia do meu hoje, volto a lembrar do que vivi ontem, ou dos “ontens” da vida. Não tenho muito tempo, eu sei. Não precisa ironizar o meu desejo de já ter uma experiência admirável. Não que eu não tenha uma, fiquem sabendo desde já. É que na maioria das vezes me sinto tão frágil, indefesa. Me desculpe, quem já me conhece sabe que sou vulnerável. Eu gosto de ouvir novas histórias, ou apenas histórias de outras pessoas. Como estão, como vivem, como chegaram até ali, por que de está vivendo tudo aquilo, enfim, de tudo. Isso faz com que eu me lembre que sou apenas uma pessoa, e que não sou só eu a viver nesse mundo. Quantas pessoas nesse momento precisão ser ajudadas? Me diz! Quantas você está em condições de ajudar? Quantas você já ajudou? E eu o que eu faço para que isso melhore? Uso meia duzia de palavras, e questiono vocês por falhas minhas. Talvez não seja falha, seja apenas uma condição. Gostaria de ser 'especial', portar grandes poderes. Certamente sairia por ai realizando alguns desejos, o que nem sempre é bom. Me sinto inútil. Vejo tantas coisas, ouço coisa. Todos os dias. Não sei mais quando meu sorriso não é forçado. Isso é triste, é a perda da identidade. Se eu sou frustrada? Claramente que sim. Acredito que eu não seja e sim esteja, se é que você entende a diferença. Ou pelo menos acredite, como eu, que ela existe. E acreditem meus amigos, definitivamente, não há perfeição e, ou doçura. E apesar de medir meus atos, creio que eles estão sendo todos em vão. Olha que eu já vi gente reclamar da vida, mas como hoje, nunca. Minha vida é muito boa, arriscaria até ótima, se estivermos falando do trivial. Mas desse trivial eu não posso ajudar nem aos outros nem a mim. Não estou falando de riqueza, bens material. Estou falando de mim, do meu coração, das minhas certezas; e até mesmo das suas caro leitor. O que eles esperam de mim? O que o mundo quer que eu faça? O que eu quero fazer? Sim! Por diversas vezes eu encontro todas essas respostas, e digo mais, perco elas a todo instante. Sou inconstante, novidade. Minhas decisões estão cada vez mais arriscadas. Na minha cabeça tenho responsabilidade que não me foram designadas. Viver até que ponto? Posso me sentir tranqüila ao estar em casa com a minha família , vendo ao noticiário e fingindo que tudo aquilo não é no meu mundo? Ou fingindo que esta tudo bem em casa, ou no trabalho, ou mesmo comigo? Não, não posso. Essa não sou eu. Eu sempre tive personalidade. Forte demais, na maioria das vezes. Sei que não é fácil conviver comigo. Principalmente para pessoas, mediócres e mesquinhas de coração. Me convencer de algo que eu não concordo não é fácil, tem que ser artista. Muito menos se para isso usar o nome de Deus. Não me venha com tamanha hipocrisia. Faça o que você tem que fazer e se mantenha em silêncio. Não seja leviana. Essas pessoas não herdaram nada. Ao contrário do que elas pensam, herdaram apenas vergonha. Eu peço todos os dias para não esquecer quem eu sempre fui e sou. Peço para nunca ter esse desejo insano de ser mais do que os outros. De querer sempre esta a um patamar mais alto. A queda no final é grande, e sinceramente não tenho osso para isso. Não almejar, não significa que você vai ser para sempre “capacho”. Significa apenas que será a sua essência, que vivera a sua verdade. Não ter vergonha da sua história, te propicia não ter que inventar outra, e no final tornar toda sua vida em uma mentira. Eu lhes digo, quem hoje vos escreve: é aquela mesma menina pobre, que brincava de correr na rua descalça, e sempre que chovia corria para enxurrada achando aquilo o máximo. É a mesma que teve que perdoa uma tempestade de erros do pai, que sempre fora ausente. E que teve que pedir perdão por deixa-lo ser assim. É a mesma menina erronia, que aqui, ou ali conta uma mentirinha. A mesma que consegue agradar e desagradar a Deus em uma freqüência inimaginável. E há muito, muito mais de mim. Mas com toda a certeza do mundo, ainda consigo ser eu. Me orgulho e me divirto, comigo, com os meus erros, com as minhas frustrações e com as minhas verdade. E sendo mais sincera ainda com você, neste momento não me recordo de uma palavra escrita na primeira linha deste mesmo texto.


domingo, 8 de maio de 2011

Dream
Tumblr_lks8kmbppo1qh2rxto1_500_large


Sonhos. Como e quantas vezes se conjuga o verbo sonhar, no querer e no coração? Um momento, desculpe. Como e quantas vezes você conjuga o verbo sonhar, no seu querer e no seu coração? Inúmeras, não é mesmo?! Perdi as contas de quantos sonhos eu já tive. De quantos deles eu já realizei. E quantos nascem a cada dia. Me perco quando não encontro algo, alguém para sonhar. Muitas vezes me denominam como uma grande criança. Talvez eu seja, afinal não perdi o que de mais valioso elas tem. Não sei deixar de viver momentos simples que me trazem prazer e uma felicidade inexplicável, com; sonhar coisas do tipo que não posso faze-las. Entretanto a graça é apenas sonhar. Sonhar não é apenas uma soma, é uma multiplicação. Multiplicar o sonho de sonhar cada vez mais e sem parar. Sei que não há muita coerência nisso, aliás nenhuma. Entretanto viver sem, é como ter sede e não ter o que beber. Ou mesmo viver em um mundo sem oxigênio. Uma das minhas qualidade é o exagero. Sim! E por que não poderia ser qualidade? Uma vez que sonho sem exagero, não é sonho. Pois se não é exagerada é totalmente sem graça. Me diga: Qual é a graça de sonhar com o possível? Queiram por favor me desculpar, mas, o possível não é sonho. O impossível ser tornado possível que é a graça. Eu quero tantas coisas. Cada vez que falo em sonhos, ou em querer sonhar, surge um daqueles balões de desenho animado, e cenas se passam na minha cabeça. Ou como naqueles filmes antigos cheios de sonhos em musicais. Horríveis, eu sei!(risos). Mas sou eu e essa é a minha verdade. Meus sonhos costumam ser diferentes, mas insistem em andar de mãos dadas. Ainda bem 'pra' mim. Não posso enganar vocês e dizer que todos foram, são ou serão realizados;seria o mesmo que dizer que a fome de todo o mundo sera erradicada em menos de um ano. Mesmo assim desistir de sonhar é a pior insanidade que alguém pode cometer. Nem um louco é maluco suficiente para cometer esse desatino. Não seria você o primeiro, ou seria? Não! Nem em mil anos. Há três verbos que eu adoro e todos terminados em “ar “ , são eles: Acreditar, Sonhar e Respirar. Acredito que meu sonho vai se realizar, então respiro e sigo em frente, sem olhar e escutar o que me dizem.






Happy mothers day!
Tumblr_lkvx3t86hl1qhsynco1_400_large
Obs:  Hoje dia 8 de maio de 2011 é Dia das Mãe.

Parabéns à todas vocês que tornam as nossas vidas diferentes.

Um parabéns especial à minha mãe. Obrigada por tudo! Todos os votos e agradecimentos são pocos perto da mulher que você é; E da mulher que você me tornou. Que Deus abençoe a Sr. sempre!

sexta-feira, 6 de maio de 2011

SE BEBER NÃO DIRIJA!


Mãe! Fui a uma festa, e me lembrei do que você me disse. Você me pediu que eu não tomasse álcool, mãe… Então, ao invés disso, tomei uma ‘Sprite’. Senti orgulho de mim mesma, e do modo como você disse que eu me sentiria e que não deveria beber e dirigir. Ao contrário do que alguns amigos me disseram, fiz uma escolha saudável, e teu conselho foi correto.
E quando a festa finalmente acabou, e o pessoal começou a dirigir sem condições… Fui para o meu carro, na certeza de que iria para casa em paz... Eu nunca poderia imaginar o que estava me aguardando, mãe… Algo que eu não poderia esperar... Agora estou jogada na rua, e ouvi o policial dizer: 'O rapaz que causou este acidente estava bêbado’…
Mãe, sua voz parecia tão distante. Meu sangue está escorrido por todos os lados e eu estou tentando com todas as minhas forças, não chorar… Posso ouvir os para-médicos dizerem:

– ‘A garota vai morrer’.

Tenho certeza de que o garoto não tinha a menor idéia, enquanto ele estava a toda velocidade, afinal, ele decidiu beber e dirigir, e agora tenho que morrer... Então por que as pessoas fazem isso, mãe? Sabendo que isto vai arruinar vidas? E agora a dor está me cortando como uma centena de facas afiadas… Diga a minha irmã para não ficar assustada, mãe! Diga ao Papai que ele seja forte. E quando eu for para o céu, escreva ‘Garotinha do Papai’ na minha sepultura.
Alguém deveria ter dito aquele garoto que é errado beber e dirigir. Talvez, se seus pais tivessem dito, eu ainda estaria com Possibilidades de continuar viva. Minha respiração está ficando mais fraca, mãe, e estou realmente ficando com medo… Estes são meus momentos finais e me sinto tão despreparada! Eu gostaria que você pudesse me abraçar, mãe… Enquanto estou Estirada aqui, morrendo, eu gostaria de poder dizer que te amo, mãe! Então... Te amo e adeus…!’

Essas palavras foram escritas por um repórter que presenciou o acidente. A jovem, enquanto agonizava, ia dizendo as palavras e o repórter, anotando


domingo, 3 de abril de 2011

Se um dia eu encontrar alguém que me ensine o minimo de tudo aquilo que vocês me ensinaram. Quem sabe eu leia em alguma revista, livrou ou jornal, alguém que explique a genialidade de todos. Me ensinem a magia das cores. A inocência das palavras. Um dia vou decifrar os teus sonhos e descobri nos desenhos o quanto fui importante para vocês, mas garanto à todos: Não será maior do que a importância que tiveram para mim. Enquanto isso nas primeiras páginas do jornal da minha vida, está impresso: 'Extra, extra! A.V. Perde uma parte do coração'. E mesmo que os leitores se penalizem, não chore, eu não perdi, apenas vos dei. Mas não sejam ingratos. Cuidem e guarde-o. Me transmitam a inteligência e a coragem. E não parem de melhorar tudo, com um belo sorriso.

Então é isso. A noite caiu, com ela veio a despedida. Todos choram, se abraçam. Então soltamos as mãos de vagar. Vocês dão as costas. Olha para trás, a última lágrima cai. É isso. Entram no carro, a porta se fecha. Apagam se as luzes. OFF.







Quanto tempo o coração leva pra entender, que o sinônimo de amar é sofrer?

quarta-feira, 9 de março de 2011



"Comerás o teu pão com o suor do teu rosto , até que voltes a terra  de que foste tirado; porque és pó, e pó  te hás de tornar." (Gênesis 3;19)




Eu não sou nada e do pó nasci,

mas Tu me amas e morrestes por mim
diante da cruz só posso exclamar
Teu sou, Teu sou.
Toma minhas mãos te peço
Toma meus lábios, te amo
Toma minha vida, ó Pai Teu sou.





terça-feira, 8 de março de 2011


Tumblr_l1bcyqdfwk1qz7lxdo1_500_large



Parabéns,
à todas as






Mulheres!



*CÂNCER*

(de 21 de junho a 21 de julho)

Você nunca avance
Em uma mulher de câncer.
Seu planeta é a lua
E a lua, é sabido,
Só vive na sua.
É muito apegada
E quando pegada
Pega da pesada.
É a mulher que ama
Com muito saber
No tocante à cama
Não sei lhe dizer...

Vinícius de Moraes

terça-feira, 1 de março de 2011

Eu vou estar com você a todo momento, vou respirar a sua vida. E te dizer que não há vida sem você.

Eu queria poder cuidar-te. Mas não posso, não da maneira que você merece. Você me parece tão forte, tão valente. Dona da vida, da sua vida. Ao mesmo tempo é a pessoa mais frágil que eu conheço: tão carente, dependente, inocente. Seu medo lhe da força pra vencer. Nunca há vi medindo o tamanho do seu desafio. Não vejo você reclamando da vida. Sempre tão sorridente, tão amável, carinhosa. A quem você saiu? Você existe mesmo? Porque eu tive a sorte de tê-la? Senhor, eu só tenho a agradecer. Obrigada. Que coração enorme. Que visão da vida. Que sabedoria. Tenho absoluta certeza que você é única, não há outra igual. Mas eu quero ser sua copia; e é claro, mesmo que eu me esforce ao máximo, ainda sim, não alcançarei o seu mérito. Sua simplicidade e humildade encanta a todos. Logico que como todo grande ser humano, você tem o apurado senso de justiça, e faz valer; nem sempre é aplaudida por todos, ser justa não é tarefa fácil. Só você com o seu jeito faz o dia durar trinta e seis horas. Para ser igual você, tem que ser muito macho. Assumiu a sua vida, a sua história, tomou a rédia da situação. Virou uma mulher, que como diz o título do livro do Pe. Fábio de Melo “de aço e de flores”. Será que sempre que eu gritar você irá aparecer? Eu sei que você sempre vai me amar. Não me deixe, e nem deixe que eu te abandone. Por que eu te amo, muito. Tenho orgulho de te pertencer. Você não faz idéia da alegria que eu sinto de estar com você. Você é a mulher da minha vida. Minha dádiva. Minha e só minha. Mãe.





- "A mulher simples, mãos calejadas de lida rotineira, mulher que aprendeu a curar as dores do mundo"

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011


Não desista do amor, não desista de amar
Não se entregue a dor porque ela um dia vai passar
Se a cruz lhe pesou e quer se entregar
Tal como Cirineu, Cristo vai lhe ajudar


'Sente o vento soprar: Anunciando a mudança dos tempos. A terra estranha as feridas que crescem; Os alicerces viram areia. Diante dos teus olhos, sou o Começo e o Fim; A minha voz abala o deserto. A minha mão repousa nos que me temem. Os alicerces viram areia, diante dos teus olhos. Vem como o vento. O final dos tempos. Vem como o vento. O final. O vento.' - Banda Ceremonya 

'Quando menos se espera, uma grande surpresa acontece.'

Crux Sacra Sit Mihi Lux
Non Draco Sit Mihi Dux
Vade Retro Satana
Nunquam Suade Mihi Vana
Sunt Mala Quae Libas
Ipse Venena Bibas
(Oração de SÃO BENTO)

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

 Eu consigo a cada dia mais, matar você dentro de mim.
Traduzindo: ainda sou louca por você.

"Oh, a hora chegou de meus sonhos serem ouvidos. Eles não serão deixados de lado e transformados;Em seus próprios, tudo porque você não vai escutar.Escute, estou sozinha numa encruzilhada, não estou em casa, na minha própria casa. E eu tentei e tentei dizer o que está na minha mente.Você deveria saber que tentei. Oh, agora eu não acredito em você. Você não sabe o que estou sentindo. Eu sou mais do que aquilo que você fez de mim." Listen-Beyoncé